"Um espaço reservado para falar das lembranças, histórias e episódios dos mais de 60 anos de Mil Milhas Brasileiras. E de outras coisas mais!"

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Dobradinha da Willys




Na edição de 1967, a Equipe Willys, comandada pelo saudoso Luís Antônio Grecco, fez "1-2". A dobradinha foi liderada pela dupla Luiz Pereira Bueno e Luiz Terra Schimdt, seguidos pela dupla Bird Clemente e Marivaldo Fernandes. Ambas as duplas disputaram a prova á bordo do Interlagos Mark One (Carros 21 e 22, respectivamente), e para espanto de todos, não realizaram trocas de pneus durante toda a prova.

Foto retirada do site http://www.anisiocampos.com/his.html

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Quatro vezes terceiro lugar








Post dedicado ao piloto de Stock Car e Divisão 3, Camilo Christófaro Jr. Camilinho, filho do saudoso Camilo Christófaro, alcançou a terceira posição na classificação geral da Mil Milhas em 4 ocasiões. Na última delas (1989), formou trio com o pai (última participação do "Lobo" na prova) e com Américo Bertini, o "Dedinho".

1983 - Chevrolet Opala Nº 18
Camilo Christófaro Jr, José Munhoz e Américo Bertini
1984 - Chevrolet Opala Nº 18 Camilo Christófaro Jr, José Bel Camilo e Américo Bertini
1985 - Chevrolet Opala Nº 18 Camilo Christófaro Jr, Américo Bertini e Neimer Helal
1989 - Chevrolet Opala Nº 18 Camilo Christófaro, Camilo Christófaro Jr e Américo Bertini

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Pé embaixo...e pedal também




Quando pedal da direita trava, salve-se quem puder. E foi assim com Ailton Varanda, na Mil Milhas de 1967. Por volta das 2 horas da manhã, Ailton passou reto com o Karmann Ghia na saída da curva da ferradura, bateu em um dos inúmeros "morrinhos" do antigo Interlagos e capotou por duas vezes, até parar na posição normal. A causa do acidente foi o pedal do acelerador do Karmann, que colou no fundo sem dar tempo de reação ao piloto.

sábado, 7 de agosto de 2010

Fusqueta na ativa



1998 - Speed 1600 pilotado por Zarrir Adebe Jr. e Edson Vicencoto. O valente VW terminou a disputa em 15º, após 285 voltas.