"Um espaço reservado para falar das lembranças, histórias e episódios dos mais de 60 anos de Mil Milhas Brasileiras. E de outras coisas mais!"

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Carlos Tigueis: Um artista dos 6 Cilindros


















Este post tem a finalidade de falar um pouco sobre um dos maiores preparadores de motores 6 cilindros do automobilismo nacional. Trata-se de Carlos "Tigueis" Batista. Conhecido por preparar e pilotar vários modelos equipados com a clássica mecânica 6 cilindros da Chevrolet, Tigueis começou a participar de provas de Estreantes e Novatos no autódromo de Interlagos no início da década de 80, com um Opala. Ainda nos anos 80, preparou vários Opalas da extinta categoria Hot Car, que viria a se transformar na Stock Car Paulista, no final dos anos 80.

Entre 2006 e 2009 esteve afastado da pilotagem para dedicar-se com exclusividade à sua equipe (Tigueis Super Stock) no Campeonato Paulista de Stock Car, sendo que correu uma etapa em 2009 substituindo um de seus pilotos. Em 2010, começou a disputar provas da categoria correndo com um modelo do novo Vectra Stock Car, que teve seu motor V8 substituído por um GM V6, naturalmente...

Assíduo competidor de provas de longa duração, correu em várias Mil Milhas, entre elas:

1998 - Protótipo 2000 AD Nº 25 Carlos Tigueis Batista, José Romano e Reinaldo Gasko – 227 voltas (20º lugar)

1999 - Chevrolet Chevette Stock 4.1 Nº 18 Carlos “Tigueis” Batista, Reinaldo Gasko e José Carlos Alves – 7 voltas (34º lugar)

2001 - Chevrolet Omega Stock 4.1 Nº 25 Carlos “Tigueis” Batista, Reinaldo Gasko e Elio Guarezi - 163 voltas (37º lugar)

2002 - Chevrolet Omega Stock 4.1 Nº 75 Carlos “Tigueis” Batista, Reinaldo Gasko, Marcos Fantinatti e Paulo Rovella - 227 voltas (36º lugar)

2003 - Protótipo Vectra 4.1 Nº 25 Carlos “Tigueis” Batista, Reinaldo Gasko e Victor Cesar Levy - 303 voltas (13º lugar na geral e 2º lugar na categoria 2)

2004 - Protótipo Vectra 4.1 Nº 25 Carlos “Tigueis” Batista, Diego Garrafa, Cláudio Sarmento e Robson Duarte - 190 voltas (36º lugar)

2005 - Chevrolet Omega Stock 4.1 Nº 25 Carlos “Tigueis” Batista, Cláudio Sarmento e Robson Duarte - 217 voltas (34º lugar)

2006 - Chevrolet Omega Stock 4.1 Nº 23 Carlos “Tigueis” Batista, Ana Cecília C. de Mello, Maria Izabel C. de Mello e Leandro Mussio - 229 voltas (17º lugar na geral e 2º lugar na categoria STC)

Na segunda mais tradicional prova de longa duração nacional, os 500 Quilômetros de Interlagos, Tigueis obteve resultados destacados, como:

1997 - Carlos "Tigueis" Batista e Marcelo Moleiro - 100 voltas (9º lugar na geral e 3º na categoria C)

1999 - Chevrolet Omega Stock 4.1 Nº 19 Carlos “Tigueis” Batista e José Carlos Alves
- 105 voltas (5º lugar na geral e 1º na categoria 2)

2000 - Chevrolet Omega Stock 4.1 Nº 19 Carlos “Tigueis” Batista, Paulo Rovella e Sandro Freitas - 82 voltas (13º lugar na geral e 2º lugar na categoria 2)

2002 - Protótipo Vectra 4.1 Nº 125 - Carlos “Tigueis” Batista, Ricardo Carrera e Jurusey Aguiar - 85 voltas (25º lugar na geral e 3º na categoria 2)

2003 - Protótipo Vectra 4.1 Nº 125 Carlos “Tigueis” Batista e Paulo Rovella - 100 voltas (13º lugar)

2004 - Chevrolet Omega Stock 4.1 Nº 125 Carlos “Tigueis” Batista, Valter Barajas e Sérgio Barajas - 92 voltas (9º lugar na geral e 2º na categoria 2)