"Um espaço reservado para falar das lembranças, histórias e episódios dos mais de 60 anos de Mil Milhas Brasileiras. E de outras coisas mais!"

sexta-feira, 13 de março de 2015

Protótipo ANR Chevrolet


De repente surgiu-me a idéia de falar um pouco sobre alguns dos inúmeros protótipos que já disputaram a maior prova de Endurance do nosso automobilismo, a saudosa Mil Milhas Brasileiras. Para hoje, pensei em um protótipo que fez bonito no ano de 2003, pois chegou à frente de bólidos que eram sérios candidatos à vitória naquele ano. Trata-se do Protótipo ANR Chevrolet.

Como o próprio nome já diz, o protótipo foi construído em meados de 2002 pela equipe brasiliense Amir Nasr Racing, tradicional e vitoriosa na Fórmula 3 Sulamericana e que até a temporada passada disputou o Brasileiro de Marcas e Pilotos, após passagem na Stock Car. O projeto partiu de um chassi de Fórmula 3, do qual foram aproveitados o núcleo central do chassi e a suspensão. O propulsor utilizado foi um Opel 2.0 litros, cuja preparação rendia cerca de 240 cavalos.

Na prova de 2003, a condução ficou sob a responsabilidade do quarteto Vitor Meira/Rogério Villas Boas/Antônio Villas Boas/Alexandre Rodrigues, sendo que Meira pilotou a maior parte do tempo. No grid, conquistou a 6ª posição, com o tempo de 1min43s653. A performance na corrida pôde ser comemorada como uma vitória, tendo em vista que para chegar na 2ª posição, o pequeno protótipo superou concorrentes muito mais fortes, como os dois Porsches 911 GT3 que ficaram na 3ª e 4ª posições. De quebra, o ANR ainda registrou a volta mais rápida da prova, com o tempo de 1min42s433, média horária de 151,439 km/h.

Ainda em 2003, nos 1000 km de Brasília, o protótipo ANR foi vice campeão, perdendo novamente apenas para um Porsche 911 GT3. Na ocasião, a pilotagem ficou por conta do trio Rogério Villas Boas/Juliano Moro/Alexandre Rodrigues.

Ausente nas edições seguintes da Mil Milhas Brasileiras, o ANR fez mais duas participações nos 1000 Km de Brasília:

2004 -Juliano Moro/Rogério Villas Boas/Antônio Villas Boas/Alexandre Rodrigues - 25º lugar, com 37 voltas completadas.

2005 - Juliano Moro/Rogério Villas Boas/Antônio Villas Boas/Alexandre Rodrigues - 8º lugar, com 146 voltas completadas.

Até pouco tempo atrás esse carro estava à venda no site Mercado Livre, pela bagatela de R$ 240.000,00.



2 comentários:

  1. Não conhecia esse protótipo, e muii menos que o Juliano Moro havia disputado com ele... Bacana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é meu amigo, nesses 60 anos de história, o número de bólidos que já participaram da Mil Milhas é enorme, muitos deles feitos especialmente para a prova. Abraço!

      Excluir