"Um espaço reservado para falar das lembranças, histórias e episódios dos mais de 60 anos de Mil Milhas Brasileiras. E de outras coisas mais!"

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Série: Nomes que fizeram/fazem a Stock Car Brasil - parte 3


Hoje, a série Nomes da Stock vai falar sobre dois pilotos que disputaram a categoria por muito tempo, e gravam seus nomes à história dela. São eles: Paulo Gomes e Duda Pamplona.

Paulo de Mello Gomes: Nascido em Ribeirão Preto, SP, em 14 de Abril de 1968, "Paulão", cujo tamanho e vozeirão fizeram surgir o apelido, foi o primeiro campeão da Stock, em 1979. Com os títulos de 1983 e 1984, os vices em 1981 e 1982, e várias vitórias, Paulão era considerado o rei da Stock até o fim dos anos 80, liderando as estatísticas. Sempre disputando as primeiras posições e dono de uma pilotagem arrojada, criada em carros de turismo como Opala e Maverick, ele foi o maior rival de Ingo Hoffmann na história da categoria. Competiu desde a 1ª temporada (1979) até 2004. Mas nesse longo período teve alguns afastamentos, como em 2000, na ocasião da gravação de uma matéria para o Esporte Espetacular, quebrou um braço ao tentar montar em um cavalo, e no início das temporadas de 2003 e 2004. Ainda chegou a competir com o filho mais velho, Pedro Gomes, que estreou na Stock V8 em 2002. Em 2007, ensaiou uma volta à categoria, mas terminou por somente treinar em algumas ocasiões, com um Stock com bolha do VW Bora. A última vitória de Paulão Gomes foi em 22/04/2001, na 2ª etapa daquela temporada, corrida esta disputada em Tarumã.

Estatísticas:

Títulos: 04 (1979, 1983, 1984 e 1995)
Vices: 03: (1981, 1982 e 1998)
Vitórias: 40
Pódios: 91
Poles: 23
Melhores voltas: 33
Corridas disputadas: 247
Algumas equipes em que correu: WB Motorsport, Gomes Sport (PMP), Manzini Competições e Katalogo Racing.

Em Interlagos, 1987

Campeão em 1979

Bicampeão em 1983

Tricampeão em 1984


Tetracampeão em 1995

Temporada de 2002

Retorno à categoria em 2003


Eduardo Pamplona: O "Duda" nasceu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 27 de janeiro de 1978. Foi campeão da extinta Fórmula Chevrolet em 1997, vice da Fórmula 3 Sul-Americana em 1999, e estreou na Stock Car na temporada de 2001 pela equipe Vogel. Sempre foi um piloto rápido quando o carro lhe permitiu, tendo inclusive dominado os treinos de aquecimento antes das corridas várias vezes, e nos últimos anos acumulou as funções de piloto e chefe de sua própria equipe, a Pro GP. Duda competiu quase ininterruptamente desde que estreou em 2001, com exceção da etapa do Rio de Janeiro de 2001 (onde se acidentou nos treinos) e das 2 primeiras e 3 últimas etapas de 2004, quando teve problemas, em virtude de estar organizando sua equipe.

No final de 2013, ele anunciou que não disputaria a atual temporada da Stock, mas ainda assim, fez uma participação na corrida de abertura, formando dupla com a estreante Bia Figueiredo em um dos carros da sua própria equipe. Frisou ainda que, não pilotará em sua equipe, mas caso surja alguma oportunidade em outra equipe, ele estará a postos!

Vitórias: 01 (Rio de Janeiro - 2007)
Poles: 06* (RJ - 2002, Londrina 2003*, Londrina 2004, Santa Cruz do Sul - 2008, Londrina 2010 e Salvador - 2012)
Pódios: 09
Voltas mais rápidas: 03
Temporadas: 2001 - 2013 e a corrida de abertura de 2014.
Total de corridas: 151 corridas

* Duda registrou o 3º melhor tempo no treino classificatório, mas herdou a 1ª posição depois que Guto Negrão e Antônio Jorge Neto foram desclassificados. 

2004, um ano difícil, com a ausência em 5 corridas
Temporada de 2002

No Rio, em 2003


Pole em Londrina, 2010
2008
Pole em Salvador, 2012
Correndo em dupla com Bia Figueiredo na abertura da temporada 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário