"Um espaço reservado para falar das lembranças, histórias e episódios dos mais de 60 anos de Mil Milhas Brasileiras. E de outras coisas mais!"

sábado, 16 de maio de 2015

Nomes que fizeram/fazem a Stock Car VII: Nonô Figueiredo


No início dos anos 2000 ele foi um babysauro, numa turma que tinha David Muffato, Alceu Feldmann, Cacá Bueno e Beto Giorgi. Nos últimos anos, ele já era o dinossauro com maior número de corridas na Stock. Trata-se do grande piloto Flávio Nonô Figueiredo, que anunciou sua despedida dos cockpits da Stock no final da temporada passada.

Nonô estreou na Stock no ano 2000, temporada em que a bolha do Chevrolet Vectra também fazia sua estréia. Mas 6 anos antes, ele já tinha iniciado sua ligação com a Stock, ao levar o título da categoria Light. No ano de estreia na divisão principal, conquistou seu primeiro pódio, na etapa disputada no Rio de Janeiro. A primeira vitória veio na temporada 2001, e teve como palco o Autódromo de Interlagos (3ª etapa da temporada). 2001 também foi o ano em que Nonô teve melhor colocação no campeonato, ao terminar no 5º lugar, com 137 pontos marcados, sendo que desempenho semelhante somente foi alcançado na temporada 2010, quando terminou na 6ª colocação (essa também foi sua única classificação para o play-off, sistema abolido em 2012). Cabe ressaltar que 2010 foi o ano de sua última vitória (após 07 anos da vitória em Londrina), conquistada no Autódromo Orlando Moura, em Campo Grande.

Dados da carreira de Flávio Pagano Figueiredo, o Nonô:

Vitórias: 03 (Interlagos/2001, Londrina/2003 e Campo Grande/2010) na Stock V8 e 07 na Stock Light (todas em 1994)
Pódios: 14
Volta mais rápida: 04 (Tarumã/2007, Rio de Janeiro/2008, Campo Grande/2010 e Santa Cruz do Sul/2014)
Corridas disputadas: 187 na Stock principal e 14* na Stock Light.
Equipes: Scuderia 111, Avallone Motorsport, RS Competições, Officer Motorsport e Mobil Racing (antiga AMG Motorsport).

*O número de corridas na Stock Light é controverso. Isto porque não foram encontrados os resultados da 1ª, 7ª e 10ª etapa da temporada de 1994. Entretanto, o número total de corridas divulgado pela mídia é de 201 corridas, o qual corresponde com a soma das corridas das duas categorias.


2000 - o ano da estreia
Liderando o pelotão em Curitiba, 2001
Goiânia - 2001
2003

Escapou!
Curitiba - 2010
1994 - Ano da conquista do título na Light (ou categoria B, como era chamada na época)

Nenhum comentário:

Postar um comentário