"Um espaço reservado para falar das lembranças, histórias e episódios dos mais de 60 anos de Mil Milhas Brasileiras. E de outras coisas mais!"

domingo, 15 de janeiro de 2017

Protótipo AM02


Voltando a falar sobre os diversos protótipos que disputaram edições das Mil Milhas Brasileiras ao longo desses 61 anos de história, a postagem de hoje será sobre um protótipo que surgiu nas 500 Milhas de Londrina de 1995. Trata-se do AM02, bólido construído na cidade de Londrina-PR.

O carro em questão é um projeto de José Lino, que consumiu dois anos até ser colocado nas pistas, movido pela motor 6 cilindros do Chevrolet Omega da Stock Car, com preparação feita pela Arias Motorsport, rendendo cerca de 320 cavalos. Na prova paranaense, o trio Arley Marroni, Gastão Weigert e Mário Yokota largou na 18 ª posição, tendo terminado a disputa na 4ª colocação na geral e com a vitória na categoria força livre.

Já na Mil Milhas de 1996, o mesmo trio largou no 6ª lugar, tendo terminado a prova na mesma posição, com 342 voltas completadas (30 de desvantagem para o Porsche 911 vencedor). Melhor performance se desenhava na edição de 1996 das 500 Milhas, quando largaram na pole position. Porém, enquanto ocupava a liderança da prova, o protótipo AM02 sofreu uma quebra na suspensão dianteira direita, causando o abandono da prova. Na ocasião, os pilotos foram Arley Marroni e Gastão Weigert.


Protótipo AM02 seguindo o Corvette da Família Pimenta e o Aldee prata.


Nenhum comentário:

Postar um comentário